OURO PRETO

     Passear pelas íngremes e estreitas ladeiras de Ouro Preto que ainda mantêm o calçamento original de pedras, é fazer uma viagem no tempo. Antiga capital da Província de Minas Gerais, Ouro Preto atrai turistas de todo o Brasil e do mundo que desejam conhecer a nossa história e a arte sacra de Aleijadinho e Ataíde, além do artesanato local e da típica comida mineira.

A CIDADE

   Quando,  em  fins  do  século  XVII,  bandeirantes acharam ouro nos córregos da região do Itacolomi (montanha que domina Ouro Preto), motivaram uma verdadeira corrente imigratória em busca do Eldorado. Paulistas, nordestinos e portugueses recém-chegados formaram pequenos arraiais, com suas capelinhas, em diversos pontos da região: arraiais de Antônio Dias, do Padre Faria, do Morro de São Sebastião, do Passa Dez, do Caquende, do Ouro Preto – com a criação da Capitania de São Paulo e Minas do Ouro. Em 1711, esses povoados dispersos foram reunidos sob a denominação de Vila Rica de Albuquerque, hoje Ouro Preto. Seu afastamento do litoral e a rápida decadência das minas, após 1760, a tornaram exemplo de cidade do Brasil colonial, conservando-se como um conjunto arquitetônico e artístico expressivo da época. Como primeira grande cidade do sertão, serviu de pólo de ligação para as economias litorâneas com a região das minas. A intensa atividade econômica da cidade no século XVIII, corresponde um desenvolvimento artístico e cultural próprio. O barroco de Ouro Preto, ao contrário do barroco das cidades litorâneas brasileiras, pode ser considerado como tipicamente brasileiro. Historicamente, no decorrer do mesmo século, desenvolveram-se movimentos libertários inspirados em idéias iluministas e no exemplo da Revolução Americana, como na Inconfidência Mineira.

Artesanato Culinária Carnaval

Artesanato  

Carnaval

Culinária

    PATRIMÔNIO HISTÓRICO                          Vista Parcial da Cidade de Ouro Preto


    A cidade detém o título de Patrimônio Cultural da Humanidade, concedido pela Unesco. Isso permitiu a preservação até os dias de hoje de um dos mais ricos conjuntos arquitetônicos do País.

      Ouro Preto foi um importante pólo econômico e político no século XVIII, quando enormes quantias de ouro foram descobertas nas serras mineiras, gerando grande desenvolvimento na região. A cidade também foi palco de um importante episódio da história brasileira: a Inconfidência Mineira, em 1789, quando Joaquim José da Silva Xavier (o Tiradentes) lutou pela independência do Brasil, ainda colônia de Portugal.

    Hoje, os casarões, igrejas e palácios erguidos durante o chamado Ciclo do Ouro são museus de grande visitação, onde estão expostos objetos dos antigos moradores. As casas que pertenceram aos inconfidentes e as igrejas barrocas, ornadas com ouro no mais clássico estilo rococó, agora abrigam arte e história.

       E para quem se cansar do banho de cultura e história e quiser um contato direto com a natureza, OuroPreto oferece o Parque Estadual do Itacolomi, com trilhas para caminhadas e varias cachoeiras nos arredores.         


Vista Parcial
 Turismo
Pontos Turísticos .

Sinta-se em Casa